Candidato Gutierres Torquato (Foto: Lino Vargas/Secom)

O juiz Nilson Afonso da Silva, da 2ª Zona Eleitoral, atendeu ao pedido da Coligação Agora é a Hora, que tem como candidata a prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e mandou suspender inserções na TV do candidato Gutierres Torquato que faz uso de computação gráfica e efeitos especiais, violando a legislação eleitoral e buscando confundir o eleitor.

O jurídico da Coligação Agora á a Hora, destacou que segundo o artigo 74 da resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que trata das propagandas eleitorais, “só poderão aparecer, em gravações internas e externas, candidatos, caracteres com propostas, fotos, jingles, clipes com música ou vinhetas, inclusive de passagem, com indicação do número do candidato ou do partido político, bem como de seus apoiadores, inclusive os candidatos que poderão dispor de até 25% (vinte e cinco por cento) do tempo de cada programa ou inserção, sendo vedadas montagens, trucagens, computação gráfica, desenhos animados e efeitos especiais”.

O juiz notificou que a defesa de Gutierres Torquato adote as providências necessárias à adequação da propaganda eleitoral veiculada em rede, na TV Anhanguera, no dia 9 e 10 de outubro.

Comentários do Facebook