A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em ação conjunta com o Grupo de Operações com Cães (GOC) da Polícia Militar do Tocantins, prendeu um colombiano de 36 anos por tráfico de drogas. A ocorrência foi registrada no início da noite desta segunda-feira, 19, no km 332 da BR-153, município de Guaraí, no Norte do Tocantins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na oportunidade, a equipe da PRF abordou o veículo Ford/EcoSport conduzido por um homem de origem estrangeira, o qual alegou que saiu de Macapá/AP com destino a Palmas/TO. Durante a fiscalização, foram encontradas dentro de uma bolsa, duas pedras preciosas que, segundo o condutor, tratava-se de esmeraldas comuns e seriam utilizadas para fazer anéis em Palmas.

Questionado sobre a origem das esmeraldas, o mesmo informou que as adquiriu em João Pessoa/PB, no entanto, não possuía documentação comprovando a origem.

Ainda durante buscas no interior do veículo, foram encontrados dois pacotes amarelos lacrados com fita adesiva. O motorista informou que se tratava de farinha de milho e trigo, um produto popular e produzido na Colômbia. Diante da suspeita em relação aos produtos, foi o narcoteste, o produto reagiu positivo para cocaína.

Além do teste preliminar, o cachorro policial do GOC da PM-TO também acusou presença de entorpecente, fato ainda comprovado pela plantonista do Núcleo da Perícia Criminal de Guaraí que também realizou uma testagem preliminar.

O homem informou que os dois pacotes foram enviados por sua mãe e trazidos por um amigo da Colômbia para Macapá/AP, e que o produto das embalagens é tradicional na Colômbia, conhecido como ‘Harina PAN’ (farinha de milho) e serve para fazer ‘Arepa’(culinária colombiana). O homem negou qualquer envolvimento com tráfico de drogas.

Diante dos fatos, o homem foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas, sendo encaminhado, juntamente com os 2kg de substância e as duas esmeraldas, para a Polícia Civil de Guaraí para continuidade dos procedimentos legais.

Comentários do Facebook