O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, juntamente com o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Halum, assinou nesta segunda-feira, 21, no Palácio Araguaia, termo de Cooperação Técnica que permite uma parceria entre o Governo do Estado e instituições públicas e privadas para desenvolvimento de atividade de ensino, pesquisa e extensão no Centro Agrotecnológico de Palmas (CAP), conhecido como Agrotins.

Segundo o vice-governador Wanderlei Barbosa, a parceria é uma forma de fortalecer as atuações com as universidades tocantinenses e fomentar o ensino, a pesquisa e a extensão na área da agricultura e tecnologia.

“Nós sabemos que a qualidade das ações só pode ser construída por meio das boas relações. Uma parceria com instituições públicas e privadas de ensino eleva a credibilidade dos projetos do governo e facilita a busca de recursos para implementação de ações, o que consequentemente contribui para o desenvolvimento do nosso Estado”, destacou o Vice-Governador.

O secretário César Halum enfatizou que a área do CAP é composta de 490 hectares, onde a maioria do espaço só é utilizado por cinco dias do ano com a Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins) e pode ser melhor aproveitado. “O que queremos é dar vida permanente ao nosso CAP, e não permitir que uma área que teve tanto investimento sirva exclusivamente para fazer a feira. Com este termo de cooperação vamos habitar esse espaço com projetos importantes desenvolvidos por nossos parceiros, e com isso, nossos campos de pesquisa servirão futuramente de unidades demonstrativas, nas quais poderemos capacitar nossos produtores”, afirmou.

A assinatura do termo firmou a parceria do Governo do Estado com sete instituições, e registra a aliança, antes verbal, com a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), que já possui sede no espaço do CAP, bem como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que já iniciou alguns trabalhos na localidade.

Alexandre Aires de Freitas, chefe geral da Embrapa Pesca e Aquicultura, falou que atualmente o órgão tem utilizado de forma proveitosa o espaço da Agrotins, e acredita que neste espaço possa ser criado um ecossistema que trará muitos frutos ao Tocantins.

“São vários profissionais que visam o desenvolvimento do Estado, desde o ensino, à pesquisa e extensão, seja por forma de tecnologia ou mesmo inovação. Mas o mais importante é que isso cria um círculo virtuoso e uma ambiência favorável à formação profissional que é tão importante em um Estado que tem tanto a crescer”, disse.

Para o reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT) Unitins, Luiz Eduardo Bovolato, o Governo do Estado ao pensar no desenvolvimento do Tocantins, tem se posicionado estrategicamente, garantindo o fortalecimento das linhas produtivas do agronegócio e inserindo a academia em todo o processo.

“Com essa estratégica para o desenvolvimento do estado e região, a Universidade se sente contemplada e valorizada. Espero que possamos com as demais instituições, fortalecer essa grande cadeia e colaborarmos a partir da nossa missão social e institucional, fortalecer também a pesquisa, o ensino, a extensão, e, por conseguinte, levar o benefício a toda sociedade tocantinense”, concluiu o reitor.

Termo de Cooperação

Com a Cooperação Técnica serão disponibilizados espaços físicos e equipamentos laboratoriais, bem como serão cedidas máquinas agrícolas para atividades de pesquisa, ensino e extensão no Centro Agrotecnológico de Palmas.

Os parceiros dessa cooperação são o Centro Nacional de Pesquisa em Pesca, Aquicultura e Sistemas Agrícolas (CNPASA – Embrapa); o Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão (CNPAF – Embrapa); a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural de Palmas (Seder); a Unitins; o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO); o Centro Universitário Luterano do Brasil (Ceulp/Ulbra); o Centro Universitário Católica do Tocantins (UniCatólica), e a Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Presenças

Além das fontes citadas na matéria, o evento contou ainda com a presença do Promotor de Justiça Fábio Vasconcelos; do reitor do Ceulp/Ulbra, Adriano Chiarane; do reitor da Unicatólica, Padre Helenes de Oliveira; do reitor do IFTO, Antônio da Luz Júnior; da vice-reitora da Unitins, Darlene Teixeira; do secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium; além de secretários estaduais e demais presidentes de autarquias.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.