Presidente da Casa, Davi Alcolumbre (D), ao lado do senador Flávio Bolsonaro, durante sessão de votação da reforma da Previdência/ Foto: Senado
Presidente da Casa, Davi Alcolumbre (D), ao lado do senador Flávio Bolsonaro, durante sessão de votação da reforma da Previdência/ Foto: Senado

O Senado aprovou nesta terça-feira (22) por ampla maioria – 60 votos a 19 – a reforma da Previdência, a primeira das medidas prometidas pelo presidente Jair Bolsonaro aos mercados para reativar a economia.

Para ser validada, a reforma, que foi aprovada em segundo turno na Câmara alta, precisava do apoio de 49 dos 81 senadores (três quintos da Casa), por se tratar de uma reforma constitucional.

A proposta, aprovada previamente com o apoio maciço da Câmara dos Deputados, prevê uma poupança de 800 bilhões de reais em dez anos para ajudar a sanar as contas de uma economia combalida após dois anos de recessão.

A cifra é inferior ao 1,2 trilhão de reais de poupança propostos inicialmente pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, devido a cortes feitos na primeira votação dos deputados.

“O Parlamento brasileiro demonstra maturidade política (…) Mostra o compromisso do Congresso Nacional com a agenda do país”, disse o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AL), antes de anunciar o resultado.

Os senadores debatiam à noite os últimos destaques, após as quais a nova norma estará pronta para ser promulgada. O avanço da reforma animou a Bolsa de São Paulo. O índice Ibovespa emplacou nesta terça-feira um segundo recorde consecutivo, fechando a 107.381 pontos (+1,28%), impulsionada, entre outros fatores, pela expectativa sobre a aprovação.

A reforma da Previdência é a principal promessa econômica do governo de Jair Bolsonaro, eleito em outubro de 2018 com apoio do mercado.

“Nova previdência APROVADA em segundo turno no Senado (…) Parabéns povo brasileiro! Essa vitória, que abre o caminho para nosso país decolar de vez, é de todos vocês! O Brasil é nosso! GRANDE DIA!”, twitou Bolsonaro, que está em viagem à Ásia.

Comentários do Facebook