O Círio de Nazaré realizado em sua terceira edição em Palmas, acontece de 14 a 16 de novembro deste ano com o tema “Com Maria, mãe de Jesus” (At 1, 14) e apresenta uma novidade ao público. Aos fiéis que participarem da Procissão Luminosa com a corda e da Missa do Círio, será concedida Indulgência Plenária.

“Indulgência é a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida aos pecados já perdoados quanto à culpa, que o fiel, devidamente disposto e em certas e determinadas condições, alcança por meio da Igreja, a qual, como dispensadora da redenção, distribui e aplica, com autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos” (Paulo VI, Const. Apost., Indulgentiarum doctrina, 2)

Conforme o padre Eduardo Zanom, a indulgência é um importante instrumento de purificação para se alcançar o perdão dos pecados. “Maria nos ensina um caminho de pureza. Ela que é imaculada nos ensina a caminhar com seu Filho buscando sempre a pureza interior e a remissão das nossas fragilidades para melhor servirmos a Deus”.

Condições para a Indulgência plenária:  Confessar-se, participar da Procissão e da Missa comungando e pedindo a Indulgência em oração e rezar pelo Papa. A Indulgência foi concedida pelo Papa Francisco à Arquidiocese de Palmas, durante o Sínodo da Amazônia, momento em que Dom Pedro Brito Guimarães, Arcebispo Metropolitano de Palmas, participa do evento.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.