BRK

Nesta quarta-feira (9), a Prefeitura de Colinas enviou um ofício para a BRK Ambiental informando sobre a adoção de medidas que podem resultar na recisão do contrato de prestação de serviços firmado entre a empresa de saneamento e o município. O problema foi gerado pelo não cumprimento de obrigações assumidas pela BRK no início de 2017, quando a concessão de prestação de serviços foi renovada. Na ocasião, a empresa se comprometeu em investir R$ 1 milhão na realização de obras em Colinas, entre outras ações.

 “É inadmissível a falta de respeito com o município e com as pessoas que dependem das ruas e avenidas da nossa cidade”, disse o Prefeito Adriano Rabelo ao explicar que uma avenida e uma rua foram interditadas há mais de uma semana para que fossem realizadas obras de drenagem, devido a uma solicitação da BRK.

Para a renovação do contrato com a empresa de saneamento, a gestão do município fez algumas exigências, sendo elas: a universalização do fornecimento de água e esgoto; reparos em ruas e avenidas; e o investimento no valor de R$ 1 milhão na forma de obras, sendo que deveriam ser investidos R$ 250 mil por ano. De acordo com a Prefeitura, até hoje, nenhum ponto acordado foi cumprido.

“Depois de muita pressão, a BRK se comprometeu a dar início às obras da Rua Dr. Corinto e da Avenida Vinicius de Morais, no mês de julho. Depois passou para setembro. Até agora nada foi feito. Mais uma vez, ela não cumpre o cronograma que se comprometeu”, desabafou o Prefeito. O problema, ainda de acordo com o gestor, é que outras obras estão paradas, pois existe uma parceria entre BRK, Estado e Município, em que a BRK é responsável pela drenagem, o município pela terraplanagem e o Governo do Estado pela pavimentação das ruas e avenidas em questão. “Se a BRK não fizer sua parte, o município e o Estado ficam de mãos atadas e não podem realizar os demais serviços. Por isso temos urgência”, explicou Adriano Rabelo.

Por fim, Adriano Rabelo garantiu que todas as solicitações feitas pela empresa foram cumpridas pelo município de forma imediata. “Para assinar o contrato de renovação da concessão, a BRK agilizou tudo em menos de um dia. Agora, para cumprir sua parte deixa a população na mão”, concluiu.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.