Zenith é professora de educação física e elaborou o projeto Esporte e Saber: Valores para Vencer
Zenith é professora de educação física e elaborou o projeto Esporte e Saber: Valores para Vencer

Os nomes dos 30 vencedores regionais da 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil, serão anunciados nesta terça-feira, 31, pelo Ministério da Educação (MEC). Educadores de várias escolas da rede estadual se destacaram e duas estão no páreo para a etapa regional. Os vencedores da fase nacional serão conhecidos no dia 6 de dezembro, em cerimônia realizada em São Paulo capital.

Seis categorias compõem a premiação: Educação infantil (creche); Educação infantil (pré-escola); Ensino Fundamental – do primeiro ao terceiro ano (ciclo de alfabetização); Ensino Fundamental – do quarto ao quinto ano; Ensino Fundamental – do sexto ao nono ano; e Ensino Médio.

Na categoria Ensino Fundamental – sexto ao nono – quem concorre pelo Tocantins é a professora Zenith de Fátima Pereira, da Escola Estadual Marechal Rondon, de Araguaína, com o projeto “Esporte e saber: valores para vencer”. A educadora diz estar confiante para a próxima etapa. “Os professores do Tocantins têm boas iniciativas e esperamos ter representantes na final. Para mim, é uma grande emoção ter esse reconhecimento pelo trabalho que realizamos diariamente com muito amor. São situações como essa que nos incentivam a continuar acreditando na Educação como ferramenta em busca de uma sociedade mais justa e igualitária”, enfatizou.

A professora Erlete Pereira Dias, do Colégio Estadual Santa Maria, da cidade de Santa Maria do Tocantins, vencedora da etapa estadual na categoria Ensino Médio, vai disputar a vaga na etapa regional com o projeto “Preservando as margens do Rio Manoel Alves Pequeno”.

Segundo a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, a valorização dos profissionais é o ponto mais relevante do prêmio. “É um reconhecimento do valor dos nossos professores, pois são eles que estão no dia a dia com os alunos em sala de aula, e quem efetivamente faz o ensino acontecer. É uma alegria ver os professores da rede estadual se destacando pelos projetos realizados, e a nossa expectativa de ter representantes do Tocantins na regional é grande, pois conhecemos o potencial dos nossos professores”, disse.

Destaques estaduais

Dentre os professores do Tocantins que se destacaram está Cosme José Gonçalves Júnior, do Colégio Estadual Sonho de Liberdade, de Araguaína, com o projeto “7 notas para a liberdade”. Ele foi considerado destaque na categoria Ensino Fundamental – primeiro ao terceiro ano.

De Araguaína, Josenita Felix da Cunha, do Colégio Estadual Professor João Alves Batista, se destacou com o projeto “Sustentabilidade com responsabilidade”, na categoria Ensino Fundamental – sexto ao nono.

Também foram reconhecidos os projetos de dois professores do Colégio Estadual de Lavandeira, Rosana Márcia de Souza, com o projeto English on Walls, e Mariza de Jesus Ferreira, que relatou o projeto “Entre leitura, escrita e reescrita inspirando aprendizagens significativas e reconhecimento nos concursos externos”.

Premiação

Criado para reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuam para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos em sala de aula, o Prêmio Professores do Brasil é dividido em três etapas: estadual (162 vencedores), regional (30 vencedores) e nacional (seis vencedores). Os vencedores da etapa estadual receberão troféus, e os destaques terão certificados.

Os ganhadores da etapa regional receberão R$ 7 mil, mais uma viagem de oito dias à Irlanda, onde vão participar de uma capacitação custeada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Os professores escolhidos na categoria nacional receberão R$ 5 mil adicionais, além de troféus. Aqueles selecionados na categoria Temáticas Especiais terão, entre os prêmios, uma viagem de sete dias a Londres (Inglaterra), onde participarão de atividades educativas, interativas, palestras e visitas a museus.

Já as escolas serão condecoradas com placas comemorativas e ganharão equipamentos de informática atualizados com softwares de conteúdo educacional.

 

Comentários do Facebook