O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, desembargador Eurípedes Lamounier, classificou a iniciativa do Leilão Pecuária Solidária como “trabalho elogiável em benefício a entidades assistenciais”. “É um apoio importante para essas entidades que sempre necessitam de auxílio. E um projeto como esse contribui para a melhoria no atendimento e a condição das pessoas que necessitam dessa assistência”, afirmou.

O desembargador recebeu em seu gabinete o idealizador e realizador do projeto, o leiloeiro Eduardo Gomes, na terça-feira, 24, em Palmas. Gomes convidou o magistrado para a quinta edição do leilão, no dia 12 de novembro, em Gurupi, região sul tocantinense.

“Para nós será uma satisfação contar com a sua presença no leilão, um domingo que destacamos sempre o lema: o agro, neste dia, não é negócio, mas sim, solidariedade”, afirmou.

No Tribunal de Justiça, o leiloeiro Eduardo Gomes encerra visitas institucionais aos representantes dos três poderes no Estado. Ele já havia sido recebido pelo governador, Marcelo Miranda, e pelo presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse.

Nesses encontros, o leiloeiro Eduardo Gomes explica como é a metodologia do leilão, desde a captação dos recursos e doações até a prestação de contas, em cerimônia pública. E também relata os resultados do projeto, que começou em 2009, na própria cidade de Gurupi. Desde então, nas quatro edições no Tocantins e uma especial em São Paulo, o leilão arrecadou e distribuiu a entidades assistenciais R$ 1,7 milhão, verba revertida em obras ou serviços para melhorar o trabalho das instituições.

As doações

Colaboradores e parceiros da iniciativa que une a cadeia produtiva do agronegócio já começam a se mobilizar por doações e contribuições diversas. O Rotary Club, a Associação Comercial, Lojas Maçônicas e o Sindicato Rural da cidade são parceiros do evento. O leilão terá transmissão ao vivo pelo Agro Canal, do SBA ( Sistema Brasileiro do Agronegócio).

Serviço

Interessados em fazer doações podem entrar em contato pelo telefone (63) 99975-6870.

Comentários do Facebook