Senador Ataídes Oliveira à esquerda e governador Marcelo Miranda à direita
Senador Ataídes Oliveira à esquerda e governador Marcelo Miranda à direita

Iniciada em março de 2014, a Lava Jato já impacta no cenário eleitoral de 2018 em pelo menos 14 das 27 unidades da Federação, o levantamento foi realizado pelo Estadão/Broadcast. O efeito mais comum tem sido a revisão dos planos eleitorais de líderes políticos. Citados em delações, alvo de inquéritos ou ações, nomes antes cotados para cargos majoritários no Executivo agora traçam planos mais modestos nas disputas do ano que vem. O mandato garante a prerrogativa de foro no Supremo Tribunal Federal.

Os políticos envolvidos na Lava Jato negam qualquer irregularidade. No Tocantins, a mudança de planos e cenários contribuem agora para a união entre o Senador Ataídes Oliveira (PSDB) e o atual governador Marcelo Miranda (PMDB), o senador disputou contra Miranda nas eleições de 2014.

De acordo com o Estadão, Marcelo Miranda, negocia com o senador Ataídes Oliveira, seu adversário político histórico no Estado. O acordo desenhado entre os dois prevê que Miranda dispute o Senado e o tucano, o governo do Estado. (Com: Estadão)

Comentários do Facebook