Ataídes Oliveira

Questionado sobre o voto contrário à aplicação de medidas cautelares ao senador Aécio Neves, que aconteceu no senado nesta terça-feira, 17, o presidente do PSDB/TO, senador Ataídes Oliveira, postou em suas redes sociais nesta terça-feira, 18, que entende a descrença crescente com a classe política, mas que seu voto para salvar Aécio Neves foi para não atropelar a Constituição, já que existe um processo contra ele na justiça e que no momento oportuno Neves será julgado.

Confira a íntegra do post do Senador Ataídes Oliveira

Entendo a indignação e a descrença crescente com a classe política, diante de tantos escândalos. O brasileiro de bem não suporta mais o corporativismo e a impunidade.

Quem tem culpa no cartório tem que ser punido de forma exemplar, concordo integralmente. Isso não quer dizer, no entanto, que podemos atropelar a Constituição, para apressar um processo que já corre na Justiça.

O que estava em questão, na tarde de ontem, não era o voto contrário ou favorável a Aécio Neves. Meu voto foi SIM à Constituição, ao equilíbrio e independência entre os poderes da República, à segurança jurídica, à democracia.  O senador Aécio será julgado no tempo devido. Pela Justiça e pelo Conselho de Ética do Senado.

Comentários do Facebook