Senadora Kátia Abreu
Kátia Abreu, presidente da CNA e FAET
Kátia Abreu, presidente da CNA e FAET

Cerca de 1.200 pessoas já estão no Centro de Formação dos Agricultores e Agricultoras de Dianópolis para o seminário Sudeste Empreendedor. Outras 200 fazem cadastramento para participação das palestras. O seminário que segue durante o dia foi aberto na manhã desta quinta, 31, pela senadora Kátia Abreu, presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, com a participação dos presidentes da Federações da Agricultura da Bahia, João Martins e da Paraíba, Mario Borba. Além dos prefeitos dos municípios a serem beneficiados, dos deputados Irajá Abreu e Toinho Andrade e superintendente do Sebrae Tocantins,Márcia Rodrigues.

A senadora Kátia Abreu informou que serão beneficiados quatro mil pequenos produtores rurais de 18 municípios da região Sudeste com ações para capacitar os moradores a conviverem com a seca, por intermédio de um programa de assistência tecnológica. A Senadora anunciou recursos da ordem de R$ 12 milhões em investimentos nos próximos 12 meses no treinamento de 2 mil produtores neste semestre e mais 2 mil no segundo semestre do próximo ano.

Segundo Kátia Abreu, será implantado no Sudeste do Estado o mesmo programa que governo federal e CNA desenvolvem no semi-árido nordestino, com o uso de técnicos e aplicação de técnicas científicas. Lá, a precipitação pluviométrica é de cerca de 800mm/ano. No Sudeste do Tocantins fica entre 900 a 1.100/ano. “Temos características semelhantes ao semi-árido nordestino”, disse Kátia Abreu.

A Senadora informou que serão estendidas aos agricultores do Sudeste do Estado as mais modernas técnicas do setor para a produção de alimentação alternativa para o rebanho e população. Dentre elas, o incentivo à plantação da palma, grande reservatório de água, além do milho hidropônico. Segundo ela, cada município terá uma unidade tecnológica de produção, onde será disponibilizado, gratuitamente, um técnico especializado para cada grupo de 30 produtores.

O seminário prevê seis palestras durante toda esta quinta-feira em Dianópolis.

Programação:

09:00 – Abertura com a senadora Kátia Abreu.

10:00 – Apresentação do programa Sertão Empreendedor: Um novo tempo para o semiárido com o presidente da Faepa e coordenador institucional do programa, Mário Borba.

11:30 – Apresentação do programa Viver Bem no Semiárido – case Bahia com o 2º vice-presidente de Desenvolvimento Agropecuário da FAEB e superintendente adjunto do Senar-BA, Humberto Miranda Oliveira.

14:00 – Palestra Estratégias Tecnológicas para Produção Agropecuária e Captação de Água para Consumo Humano em Regiões Sujeitas à Seca com o pesquisador da Embrapa Semiárido, Gherman Araújo.

14:45 – Palestra Informações Agronômica das Culturas de Sorgo, Girassol e Milheto e Custos para produção e confecção de silagem com os pesquisadores da Embrapa Caprinos e Ovinos, Henrique Antunes e Cláudio Pompeu.

16:00 – Palestra Conservação de Forragens: Fenação, Ensilagem e Amoniação com o pesquisador da Embrapa Semiárido, Tadeu Voltolini.

16:45 – Palestra Experiência do Ceará na Produção deMilho para Forragem na Época da Seca com o engenheiro agrônomo do Senar-CE, Eduardo Queiroz.

18:00 – Entrega de certificados e encerramento.

Comentários do Facebook