Vereadores afastam prefeito de Tupirama por 90 dias para apurar denúncia de fraude em licitação - Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Tupirama decidiu afastar o prefeito da cidade, Helisnatan Soares (PSD), do cargo por 90 dias. Ele foi denunciado por suposta fraude em uma licitação para obras de recuperação e recapeamento asfáltico em 2017 e será processado por uma comissão de vereadores, podendo ter o mandato cassado. Quem assume a prefeitura é o vice-prefeito Isac Mathias Koch (PP).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tupirama fica na região central do estado, na margem do rio Tocantins. A cidade tem uma população de 1,9 mil habitantes, segundo a última estimativa do IBGE.

O prefeito Helisnatan informou que ainda não foi intimado, mas disse que a denúncia não procede e que vai entrar com um mandado de segurança contra a Câmara de Vereadores. Ele foi eleito em 2016 e está cumprindo seu primeiro mandato.

Segundo o decreto legislativo, o afastamento foi definido após uma denúncia feita aos vereadores por uma moradora da cidade. O prefeito continuará recebendo sua remuneração durante o período em que for investigado.

O afastamento foi definido pelo plenário da Câmara nesta quinta-feira (17). Uma comissão com três vereadores foi formada e terá 90 dias para chegar a uma decisão. Durante este tempo, Helisnatan Soares deverá ser intimado de todos os atos e poderá acompanhar as audiências.

As supostas fraudes também estão sendo apuradas pela Polícia Civil. (G1)

Documento que afastou prefeito: CamScanner 09-17-2020 21.56.17_1

Comentários do Facebook