O prefeito de Lagoa da Confusão Dr. Thiago Carlos e a Secretaria Municipal de Saúde Iodete Oliveira, fizeram no último dia 28 de julho, o pagamento integral do piso salarial para todos os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes de Combate a Endemias (ACEs), efetivos e contratados.

A remuneração passará dos atuais R$1.550,00 para R$2.424,00, com aumento real de R$874,00.

O repasse pelo Ministério da Saúde beneficia apenas os profissionais efetivos. Contudo, o prefeito Thiago e a Secretaria de Saúde Iodete determinaram que todos os servidores fossem beneficiados, não apenas os efetivos, mas também os contratados.

“Para a gestão não há diferença entre contratados e efetivos, já que ambos exercem a mesma função, com a mesma carga horária e as mesmas atribuições. A decisão de remunerar todos os servidores é mais um ato da gestão igualitária que administra o município. Esses profissionais são o elo entre a população e o acesso aos serviços de saúde”, esclareceram.

A medida cumpre determinação da Emenda à Constituição (EC) 129/2022 que trata de reajuste no piso das duas categorias em todo o país, a ser realizado com recursos da União. No caso de Lagoa da Confusão, todos os servidores foram beneficiados, não apenas os efetivos, mas também os contratados.

O município de Lagoa da Confusão, paga também aos profissionais Agente Comunitário de Saúde e Agente de Endemias um adicional de 20% referente a insalubridade.

Comentários do Facebook