Prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro

Após anos de luta do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), anunciou ao sindicato, o pagamento das titularidades, progressões e retroativos durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (14/08). O Sintet reivindica o pagamento das titularidades desde 2013, quando houve a primeira greve que pontuava essa demanda. Outras duas greves da categoria ocorreram em 2015 e 2017.

Na reunião, a Semed se comprometeu em entregar ao Sintet, na próxima semana, um cronograma do pagamento das progressões, titularidades e retroativos dos profissionais da educação.

Na ocasião, ficou acordado ainda que a comissão do PCCR volta a se reunir a partir da próxima terça-feira (18), respeitando todas as normas de segurança, com garantia de local e E.P.I.’s ofertados pela Semed.

“Recebemos esse anuncio como uma grande conquista para a categoria, que após anos de luta e espera ver mais próxima a realização desse direito”, disse o presidente José Roque Santiago.

Retorno das aulas

A Semed respondeu ao Sintet, que não há ainda, uma data prevista para o retorno das aulas presenciais. A secretaria estuda um modelo híbrido de ensino, mas o Sintet se posiciona contrário a qualquer retorno às aulas neste momento da pandemia. “Estamos no pico da pandemia, qualquer retorno agora é inviável e indiscutível”, disse o presidente José Roque. O Sintet também solicitou da Semed para que fosse aberto um canal de diálogo para discutir as demandas da educação, entre elas, o retorno às aulas.

Participaram representando o Sintet: o presidente, José Roque Santiago e os diretores da regional de Palmas: Fábio Lopes e Roque Marques. Da Semed participaram: a secretária municipal Cleizenir, Anice Souza, Valéria Albino, Belmiran e Diego.

Comentários do Facebook