Profissionais do Serviço Assistência Especializada (SAE) e do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT) receberam assessoria técnica das enfermeiras da Gerência Estadual de Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis – IST/AIDS e Hepatites Virais, Sâmia Chabo e Marileide Martins, na última quinta-feira (22). A unidade de saúde é filiada a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), e oferta atendimentos especializados em doenças infectocontagiosas para Araguaína (TO) e região.

Na oportunidade, foram analisados e discutidos sobre os sistemas de controles Logísticos de ARFV SICLOM, Sistema de Monitoramento Clínico das Pessoas Vivendo com HIV/Aids – SIMC, Sistema de Controle de Insumos Laboratoriais (SISLOGLAB), protocolos e portarias relacionadas as diretrizes voltadas para as ISTs. Participaram também profissionais responsáveis pela vigilância epidemiológica, e do setor de farmácia, do HDT-UFT.

A enfermeira Marileide explica sobre o intuito da visita. “Atualizar os profissionais a respeito das normas técnicas e fortalecer a linha de cuidado da pessoa vivendo com HIV, as demais ISts principalmente a Sifilis, em função da epidemia que existe hoje. A outra situação é principalmente realizar uma integração da Atenção Primária do município de Araguaína com a equipe do SAE/CTA do HDT a fim de fortalecer as ações de prevenção cuidado e acompanhamento dessas pessoas”, disse.

Para a chefe da Unidade de Doenças Infectoparasitárias, enfermeira Maysa Cutrim, essa ação traz perspectivas de melhorias nos processos de trabalhos envolvidos na assistência realizada no SAE e CTA do hospital. “O encontro proporcionou às equipes coordenadoras uma análise, discussão e avaliação conjunta, por meio da assessoria recebida acerca dos diferentes processos inerentes ao cuidado, quanto aos principais sistemas, protocolos, portarias e diretrizes relacionadas ao manejo das IST’s, das Hepatites Virais e ao cuidado às Pessoas Vivendo com HIV – PVHIV/ AIDS, o que por sua vez, só contribui para a formação de um serviço mais qualificado e articulado para o atendimento aos seus usuários”.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.