Agrotóxico falsificado
Agrotóxico falsificado

Mais de 600 litros de agrotóxico falsificado foram apreendidos pela Delegacia de Investigações Criminais de Araguaína, norte do Tocantins, na tarde desta quinta-feira, 24. Três homens foram presos suspeitos de fazer o produto e vender para propriedades rurais da região. Segundo a polícia, eles usavam até óleo diesel na mistura.

A polícia chegou até os suspeitos após uma denúncia anônima por tráfico de drogas. Eles foram presos enquanto tentavam vender mais de 30 galões do agrotóxico falso para um fazendeiro.

Os homens foram encontrados na rodovia TO-164 no momento em que faziam a entrega. Com eles foram encontrados R$ 2,4 mil referentes à venda do produto.

Na casa de um dos suspeitos, a polícia encontrou substâncias que seriam utilizadas para substituir o agrotóxico. Entre elas, óleo diesel, ureia e corante. Durante as buscas, os policiais encontraram vários potes de tempero caseiro. Isso porque os criminosos utilizavam o alumínio da embalagem para fazer o lacre dos galões.

Os suspeitos foram levados para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína. (G1)

Comentários do Facebook