O governador Marcelo Miranda e os chefes de executivo dos Estados que compõem o Fórum de Governadores do Brasil Central, estão reunidos na manhã desta sexta-feira, 4, em  Campo Grande (MS). Debates envolvendo o setor econômico darão a tônica às discussões.  Dentre eles, a regularização de incentivos, isenções e benefícios fiscais, além de estratégias para revitalizar o ambiente dos negócios, diante da atual crise na economia.

“Nosso objetivo primordial é discutir e buscar soluções para assuntos que promovam a integração e o fortalecimento dos estados que compõem o Fórum”, relembrou Marcelo Miranda.

Sobre a pauta do evento, o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, adiantou que os avanços em torno da instituição de um mercado comum aos estados consorciados: “Estamos discutindo a unificação de alíquotas entre os estados membros, uma plataforma de desenvolvimento e de integração logística e uma plataforma de compra compartilhada”.

Palestras

Quatro palestras fazem parte da programação: Convalidação de Benefícios Fiscais e Glosas de Crédito; Como revitalizar o ambiente de negócios diante do cenário de crises; Parcerias e oportunidades para os negócios e, por último, a palestra Oportunidades para o desenvolvimento dos estados.

Propostas

Por meio do Fórum, os governadores defendem propostas para setores estratégicos dos Estados envolvidos: agropecuária, segurança, turismo, educação, além de outros que visem o fomento do empreendedorismo dos estados que formam o Brasil Central.

Participantes

Além de Marcelo Miranda, participam do Fórum os governadores do Mato Grosso, Pedro Taques; de Goiás, Marconi Perillo; de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; de Rondônia, Confúcio Moura; e o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão. Além dos governadores, participam o ministro das Cidades, Bruno Araújo, o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Paulo Rabello e os secretários da Saúde e do Planejamento dos estados envolvidos.

 

Comentários do Facebook