DEIC

Na manhã desta terça-feira, 13, policiais civis da 1ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (1ª DEIC), efetuaram a captura de um indivíduo de 29 anos. A prisão faz parte da operação “Primeira Capital”, que foi deflagrada pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), no dia 17 de junho deste ano e resultou nas prisões de vários indivíduos suspeitos de liderar uma associação criminosa com atuação nos estados de Goiás e Tocantins.

Suspeito de financiar a facção criminosa que está sendo investigada pela Polícia Civil desde o ano passado, o indivíduo foi localizado após investigações da 1ª DEIC, de Palmas, na região sul de Palmas e preso, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme a autoridade policial responsável pela captura de hoje, o homem era um dos investigados na operação Primeira Capital e havia conseguido escapar das ações da PC-TO, realizadas em diferentes cidades do estado do Tocantins e de Goiás e resultaram nas prisões de 11 pessoas que estavam envolvidas com os crimes de tráfico de drogas, homicídios e roubos.

As investigações apontaram que a associação era responsável pela prática de vários crimes, sobretudo, de roubos e homicídios que subsidiavam o tráfico de drogas, sendo responsável pelo envio de grandes carregamentos de entorpecentes para o Tocantins. O homem preso hoje foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Com a prisão de hoje, as investigações serão concluídas e remetidas ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para a realização das providências que se fizerem necessárias.

Comentários do Facebook