Compromisso cristão, honestidade, vontade de trabalhar e realizar foram as qualidades apontadas pelo pré-candidato ao governo do Tocantins pelo Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras (PT-TO), Paulo Mourão, durante a inauguração do Comitê Popular de Luta com Lula no município de Colinas do Tocantins, nesta sexta-feira, 4, no Bairro Santo Antônio.

Ao lado do ex-prefeito de Colinas, José Santana, o pré-candidato petista ao governo lembrou os avanços da gestão municipal e destacou que a “receita” para a boa gestão foi um governo voltado a atender o ser humano. “É esse diálogo que precisamos retomar aqui em Colinas, no Tocantins e em todo Brasil”, pontuou Mourão.

“Quando existe compromisso, primeiro o compromisso cristão a fé em Deus, a honestidade, a vontade de trabalhar e realizar, quando se juntam esses predicados em uma gestão, é que se faz a felicidade de um povo”, explicou Paulo Mourão ao observar que “o presidente Lula realizou, e cumpriu seu papel de forma diferente, um homem de Deus, que pregou e deu amor, que combateu fome e gerou emprego, que cuidou das pessoas e deu casa, que o brasileiro e a brasileira tinha comida farta na mesa. Esse é o sentimento que um gestor deve ter”.

Fazendo o comparativo com o governo atual, Paulo Mourão foi categórico ao dizer que o Brasil tem um problema, hoje, com o seu presidente. “Pois ele não compreende o que é o amor, não tem conhecimento do que é ser pobre, do que é cuidar das pessoas”, disse ao lembrar que na época dos governos Lula as pessoas tinham outra realidade.

“As pessoas tinham condições de trabalho e renda, o filho do pobre estava na universidade, tivemos o maior programa de energia rural do mundo, que foi o Luz para Todos, a gasolina aumentava uma vez ao ano, assim como o botijão gás. O salário mínimo dava para comprar a alimentação do mês, andava de avião, comprava carro, casa. Isso é governar olhando o ser humano. Hoje as coisas estão diferentes”, avaliou Mourão.

O ex-prefeito José Santana concordou com Paulo Mourão e alertou ainda para o fim dos programas habitacionais nos últimos quatro anos. “Depois que o Lula e a Dilma saíram as casas populares acabaram, e tem que continuar pois o programa é para a nossa juventude que está aí, para as mães de família, que precisam de segurança para seus filhos. A gente precisa sonhar, mas precisa ter governo que nos ajude a realizar o sonho”, destacou Santana.

Agenda em Colinas

Na tarde desta sexta-feira, Paulo Mourão e José Santana Neto visitaram o Campus do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) em Colinas, onde debateram demandas, diretrizes e perspectivas futuras para o Instituto e a educação profissionalizante da juventude tocantinense e Santana ressaltou a importância do trabalho de Paulo Mourão para que hoje, municípios como Colinas, Porto Nacional e Paraíso do Tocantins tenham unidades do Instituto.

Paulo Mourão também concedeu entrevista para a Rádio 96 FM no Programa Edson Figueiredo, onde, entre os diversos assuntos tratados, pontuou a necessidade de uma estruturação do sistema de saúde e outros serviços essenciais do município, que tem localização estratégica para o desenvolvimento econômico e social do Tocantins, sobretudo nas regiões Central e Norte do estado.

Comentários do Facebook