A ANEEL deliberou nesta terça-feira, 30, o resultado da revisão tarifária periódica da Energisa Tocantins Distribuidora de Energia. A concessionária atende 604 mil unidades consumidoras localizadas em 139 municípios de Tocantins. As novas tarifas entram em vigor a partir do dia 04 de julho.

Na revisão da Energisa Tocantins, os itens mais impactantes foram os gastos para remunerar a atividade de distribuição de energia e os custos com transmissão de energia.

A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL.

Foram definidos ainda os limites dos indicadores de continuidade *DEC e **FEC dos conjuntos da concessionária de Tocantins estipulados para o período de 2021 a 2025.

A revisão tarifária periódica da distribuidora foi debatida em consulta pública entre 23/4 e 6/6. Em função das medidas de segurança face ao cenário de pandemia da Covid-19, a ANEEL, de forma excepcional, não realizou audiência pública presencial para discutir a proposta na capital Palmas.

Comentários do Facebook