Guardas Metropolitanos de Palmas são acusados por de espancar dois jovens na quadra 603 norte. O caso é investigado pela Corregedoria da instituição, exame de corpo de delito foi feito e o caso foi denunciado para a polícia.

Os jovens disseram que estavam na porta da casa de um deles quando os guardas chegaram e determinaram que os dois colocassem as mãos na parede, eles disseram que mesmo obedecendo às ordens, os guardas foram violentos e adentraram a casa sem autorização e sem mandado judicial.

Mandou nós colocar a mão na cabeça, perguntaram quem era dono da casa, falei que era eu, perguntaram se tínhamos passagens e dissemos que não, perguntaram se a gente usava droga e disse que não, a partir daí começaram ainda mais as agressividades, invadiram minha residência sem permissão e começaram novas agressões, disse um dos jovens.

O jovem relatou que um dos guardas pegou um martelo e bateu em seus dedos da mão, além de apanharem nas costas com lapadas de facão. Após os guardas obrigaram os dois jovens capinarem o quintal e quando foram embora ameaçaram a dupla dizendo que iriam retornar na casa.

Crianças pequenas estavam na casa, elas ficaram bastante assustadas.

Um boletim de ocorrência foi feito na delegacia e exame de corpo delito. Os jovens classificaram os guardas como banda podre da corporação. Nada foi encontrado pelos guardas.

TORTURA É CRIME

A tortura está inscrita também na Lei 8.072/90 que é a Lei dos crimes Hediondos, mas não é um crime Hediondo, a Tortura conjuntamente com o Tráfico de Drogas e o Terrorismo, são crimes equiparados aos crimes hediondos, o que quer dizer, eles possuem efeitos danosos tão graves ou similares aos crimes denominados.

Comentários do Facebook