Paulo Halm

O renomado diretor de novelas e de cinema Paulo Halm estará em Araguaína nesta quarta-feira, 5, para um evento especial para a imprensa e patrocinadores locais, às 20 horas, na sede do Grupo Artpalco (Av. Sadoc Corrêa). Interessados em fazer a cobertura do evento devem confirmar presença por este email, ou pelo telefone (63) 9 8427-1805. O evento contará também com a presença da diretora do filme, a cineasta Kecia Garcia.

Paulo Halm está no Tocantins para conhecer as locações do filme “Tudo Errado” que será produzido no Estado em 2020. O filme, do qual é roteirista e diretor, terá como protagonista a atriz global Bella Piero. Do elenco, já estão confirmado Bella, Nelson Ferreira e Marco Ricca. O filme é uma parceria entre a produtora tocantinense Tapioca Cine e a Canhota Filmes, produtora de Paulo e Liara Castro.

O diretor é também autor, juntamente com Rosane Svartman, da nova novela das 19h, “Bonsucesso”, prevista para ir ao ar no segundo semestre de 2019 na Rede Globo, que conta com Grazi Massafera como protagonista. O longa-metragem “Tudo Errrado” recebeu patrocínio da empresa tocantinense Nosso Lar em 2017 e ainda busca patrocinadores por meio de incentivo fiscais previstas na Lei do Audiovisual.

Sobre Paulo Halm

Paulo Halm é diretor e roteirista de cinema e TV e autor de novelas. Autor contratado pela Rede Globo, escreveu em parceria com Rosane Svartman a novela Totalmente Demais, recente sucesso da emissora. A dupla também assinou a autoria da Malhação Sonhos. Escreveu o argumento e é diretor da série “Esta noite Encarnarei no teu Corpinho” (em fase de comercialização), do filme “Histórias de amor duram apenas 90 minutos” e do longa documentário “Hijab, Mulheres de véu”, e dos curtas e médias metragens: “Psw-uma história subversiva”, “Biu”, “Bela e Galhofeira”, “Retrato do Artista com um 38 na mão” e “Resto é silêncio”, com premiações em festivais nacionais e internacionais.

Como roteirista escreveu de diversos longas-metragem de sucesso no cinema nacional como “Pequeno dicionário amoroso I e II”, “Amores Possíveis”, “Cazuza- o tempo não para”, “Casa da mãe Joana 1 e 2”, “Mauá”, “Quem matou Pixote?”, “Antes que o mundo acabe”, “Dois Perdidos Numa Noite suja”, com o qual ganhou Prêmio da Academia Brasileira de Letras, “Olhos Azuis”, “Guerra de Canudos”, etc.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.