Hospital Regional de Xambioá

A Justiça homologou nesta quinta-feira, 28, acordo extrajudicial proposto pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), a fim de que o Município de Araguanã continue cedendo, para uso exclusivo do Hospital Regional de Xambioá, um aparelho respirador pulmonar. O equipamento encontra-se em manutenção no Estado de São Paulo e será transportado para Xambioá, sem custos, com a ajuda da empresa Votorantim Cimentos, até à unidade de saúde beneficiada.

O equipamento auxiliará, principalmente, no tratamento de pessoas contaminadas com a Covid-19, e que vierem a necessitar da respiração mecânica, internadas no Hospital Regional de Xambioá, referência para a região do Bico do Papagaio.

O acordo prevê que o uso do respirador é destinado, exclusivamente, para o Hospital Regional de Xambioá, não podendo ser retirado da unidade sem que haja consentimento prévio das partes e do Ministério Público.

Assinaram o acordo a promotora de Justiça Laryssa Filgueira; o diretor do Hospital Regional de Xambioá, Giliard Ferreira Almeida; e o prefeito de Araguanã, Hernandes Neves de Brito. (Denise Soares)

Comentários do Facebook