A Ação Social da Arquidiocese de Palmas – ASAP, há um mês, trabalha para socorrer emergencialmente as famílias mais carentes que sofrem com os reflexos da Covid-19, focando em duas ações concretas: arrecadação e doação de alimentos, e confecção e doações de máscaras.

A arrecadação de alimentos ocorre com apoio dos fiéis católicos nas paróquias, além da participação de outras entidades da sociedade civil, formando assim uma ação conjunta na Igreja de Palmas. A outra ação da Arquidiocese, que refere-se a confecção de máscaras de tecido ou TNT, acontece na sala de costura do Centro Amor Social Papa Francisco. A iniciativa nasceu em reunião do Arcebispo Metropolitano de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães com equipe da Arquidiocese formada de padres, diáconos e leigos, para pensar ações emergenciais em auxílio as famílias mais vulneráveis neste período.

Conforme explica o diácono Amilson Rodrigues, coordenador do Centro Amor Social Papa Francisco e presidente da Ação Social da ASAP, com essas ações a Arquidiocese espera cooperar para minimizar os impactos da Covid-19. O Diácono acrescenta que todos podem contribuir na confecção das máscaras, tanto com doação de insumos ou recursos financeiro, quanto com a mão de obra de casa mesmo. As máscaras serão distribuídas pela estrutura social da Arquidiocese ao público em vulnerabilidade social. Os demais públicos que queiram adquirir as máscaras podem contribuir com um valor simbólico, para ajudar na aquisição e despesas de materiais.

“A Igreja tem dito, precisamos motivar as pessoas a terem fé, esperança e manter os cuidados recomendados pela OMS, lembrando que Jesus Cristo não nos abandona, mas nós precisamos ter os cuidados e não tentar a Deus. Não negligenciemos os protocolos de higiene”, destacou o Diácono. Dom Pedro Brito Guimarães reintegra que todos devem seguir as orientações da OMS e demais autoridades médicas e sanitárias. “Confiados à Divina Providência, prossigamos com esperança e caridade”.

Mais informações: Centro Amor Social Papa Francisco. Quadra 1104 sul, Al 02, lote Ai 11. Fones: 63 3217-4255 e 63 98402-7046. O atendimento acontece das 08h às 17h30 de segunda a sexta feira.

Comentários do Facebook