A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Sul, de Gurupi, deflagrou na noite desta quarta-feira (15), mais uma operação de combate à criminalidade, que resultou na prisão de dois indivíduos por de tráfico de drogas e, também, na apreensão de mais de 30 kg de maconha, que estava em poder dos investigados.

Os policiais civis da DEIC-SUL descobriram que dois indivíduos estariam chegando a Gurupi, possivelmente oriundos do Estado de Goiás, trazendo uma grande quantidade de entorpecente e que a droga estaria acondicionada em dois automóveis conduzidos por eles. Com base nessas informações, os policiais civis deram início às diligências e localizaram um dos indivíduos, hospedado em hotel no centro da cidade.

Após uma breve revista no interior do veículo Hyundai, modelo HB20, conduzido pelo suspeito, os policiais civis localizaram e apreenderam seis tabletes de maconha, totalizando seis quilos da droga.

Logo em seguida, outra equipe da Delegacia Especializada deslocou-se até as imediações da Rodovia BR 153, ainda no perímetro urbano de Gurupi, quando realizaram a abordagem a um motorista em atitude suspeita e que dirigia uma camioneta Chevrolet Montana. Buscas no interior do veículo levaram à localização, em um fundo falso, de mais 24 tabletes de maconha, que totalizaram 24 kg da droga.

De imediato, o motorista do carro, de iniciais A.P.M, de 32 anos, foi preso e conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Gurupi, juntamente com D.R.B, também de 32 anos, e capturado anteriormente no hotel. Na unidade policial, os dois indivíduos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.