Cras Morada do Sol (Foto: Júnior Suzuki/Secom Palmas)
Cras Morada do Sol (Foto: Júnior Suzuki/Secom Palmas)

Na manhã de quarta-feira, 8, o vereador Erivelton Santos (PV) encaminhou ofício a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Palmas, solicitando a ampliação das linhas de atendimento e instalação de novos pontos de apoio aos Centros de Referência e Assistência Social — CRAS. Segundo o parlamentar, devido ao momento de pandemia da Covid-19, a procura por informações aumentou consideravelmente, na qual as linhas existentes não conseguem atender a todos.

Para Erivelton, o CRAS é a porta da assistência social nos bairros da Capital e com a falta de linhas de atendimentos suficientes, as pessoas recorrem ao atendimento presencial, causando aglomeração e contrariando as recomendações das entidades de Saúde. “As famílias carentes precisam de apoio e estão recorrendo para obter informações sobre o CadÚnico”, afirma o parlamentar, lembrando que na gestão no ex-prefeito Carlos Amastha foi suspenso o funcionamento de três Centros, o que causa congestionamento para atender a comunidade.

Na oportunidade, o vereador também requereu a reativação das Bases Comunitárias de Segurança, na qual os prédios são de domínio do município e estão abandonados. De acordo ele, existem imóveis com estrutura adequada para reativação e que podem oferecer suporte e auxílio às comunidades.

“Nesse momento de pandemia, as bases que são de domínio da Prefeitura podem contribuir com assistência social para as comunidades. Os prédios podem servir de apoio à política emergencial, como distribuir cestas básicas, segurança alimentar e assistencial”, justificou Erivelton.

Comentários do Facebook