A553f815eb47cfA edição 2015 do projeto Sesc Amazônia das Artes se aproxima e, este ano, conta com novidades: o Tocantins será representado por três atrações culturais nos estados onde a ação acontece. Em Palmas, o projeto começa dia 7 de maio e, durante 10 dias, vai disponibilizar para o público tocantinense dezenas de apresentações produzidas na região Norte do Brasil.

O espetáculo teatral “A Poção do Amor”, do Grupo ArtPalco de Araguaína; o show musical “Passarim do Jalapão”, do cantor e compositor Dorivã de Palmas; e a exibição do filme “Da Luz da Vida à Água que Morre”, da cineasta Monise Busquets, também palmense, fazem parte da programação do evento.

O representante do Grupo ArtPalco, George Henrique afirmou que o convite aconteceu após uma apresentação realizada na Mostra Cultura do Sesc – Aldeia Jiquitaia, em Palmas. E, após o convite para integrar a programação do Sesc Amazônia das Artes, o Grupo intensificou os ensaios, iniciou aulas de canto e dança, a fim de melhorar ainda mais a performance dos profissionais. “A expectativa do Grupo é a melhor possível, uma vez que o projeto Sesc Amazônia das Artes proporciona grande visibilidade, aprendizado e troca de experiências entre os grupos participantes. Além disso, percorrer os estados que compõem o Projeto, proporcionará ao grupo crescimento profissional e o contato direto com outras culturas”, afirmou.

Para o cantor e compositor Dorivã, autor e responsável pelo show “Passarim do Jalapão”, essa oportunidade é ímpar na sua carreira. “A expectativa é a melhor possível, ainda mais por ser a nossa primeira viagem musical pela região Norte, Centro Oeste e Nordeste, com essa dimensão de logística. Tocaremos para um público qualificado e sensível, mesmo porque o Sesc tem um trabalho voltado para a formação de plateia para a boa música popular brasileira”, revelou o cantor.

Já a cineasta Monise Busquets, diretora do filme “Da Luz da Vida à Água que Morre”, credita o convite para que seu filme integre a nova edição do Sesc Amazônia das Artes às exibições no CineSesc. “Estamos muito lisonjeados com o convite, pois será uma oportunidade importante de expor o trabalho cinematográfico realizado aqui no Tocantins e também de debater socialmente as políticas energéticas e as implicações de grandes obras na vida das populações tradicionais”. Para a cineasta, “o Sesc Amazônia das Artes um evento de grande importância para as artes produzidas na região Norte, e que reflete os costumes, as ideias e sentimentos das pessoas que vivem em uma região tão diversa socioculturamente. Guardamos conosco uma expectativa muito positiva de poder levar ao público debates importantes e que interferem na vida cotidiana de nossa morada, o Norte do País”, destacou.

Previsto para ter início no mês de abril em Cuiabá (MT), o Sesc Amazônia das Artes tem como objetivo estabelecer um diálogo, troca e conhecimento sobre a arte produzida na região amazônica. Dança, música, teatro, cinema e artes plásticas são as linguagens artísticas que integram a programação do evento.

Na edição 2015, além do Tocantins, que recebe o Projeto no mês de maio, participarão também os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, e mais o Piauí.

Sesc Amazônia das Artes

Sempre resgatando e incentivando a cultura produzida nos estados que compõem a Amazônia Legal, o Sesc Amazônia das Artes busca estimular e difundir a produção artístico-cultural desses estados e por outros que possuem características semelhantes, devido a sua proximidade com a realidade da região.

A circulação de obras nas linguagens de Artes Plásticas, Dança, Música e Teatro é o seu alvo principal. Produção artística essa oriunda dessa região e que atende às necessidades específicas para um melhor desenvolvimento, além de integrar os departamentos regionais do Sesc nos estados que formam a Amazônia Legal.

 

Serviço

Sesc Amazônia das Artes

Data: 7 a 17 de maio

Diversos locais e horários

Informações: (63) 3219-9127 / 9158

Comentários do Facebook