Vice-governador Wanderlei Barbosa e governadores e vice-governadores dos estados membros da Amazônia Legal assinaram a Carta de Belém (Foto: Ezequias)
Vice-governador Wanderlei Barbosa e governadores e vice-governadores dos estados membros da Amazônia Legal assinaram a Carta de Belém (Foto: Ezequias)

O vice-governador Wanderlei Barbosa, participa em Belém (PA) do XX Fórum de Governadores, realizado no Hangar – Centro de Convenções. No evento representando o Governo do Tocantins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No início da tarde desta quarta-feira, 12, Wanderlei Barbosa se reuniu com os chefes do Executivo de cada estado na IV Assembleia Geral de Governadores da Amazônia Legal e seguiu com reuniões deliberativas.

Governadores assinam Carta de Belém e Carta Unicef / (Foto: Ezequias)

As proposições oriundas dos debates foram apresentadas aos governadores durante apresentação da Carta de Belém. A primeira novidade foi ação emergencial no alerta ao Corona Vírus,  outros pontos importantes também foram exibidos durante a abertura da Carta, como o Acordo de Cooperação Técnica com o Iterpa para tratar de regularização fundiária e ações de combate ao desmatamento.

Outra medida acordada durante o Fórum foi a assinatura de compra coletiva de medicamentos e equipamentos de saúde entre os estados. O Tocantins garantiu a aquisição de medicamentos em consórcio para que o acesso aos produtos tenha um custo menor com a compra compartilhada.  Os nove estados que compõe a Amazônia Legal e participam do encontro ( Amapá, Acre, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) optaram pela modalidade.

Com a compra compartilhada as compras serão feitas em sistema de registro de preço, tendo cada estado uma cota específica. A ideia já vinha sendo discutida em encontro anteriores como forma de beneficiar os estados da Amazônia Legal, com o barateamento e isenção de impostos.

O objetivo é atrair o máximo de concorrentes possível para que se possa conseguir mais ofertas, assim um valor menor e, com isso, atingir um percentual ainda maior de economia. Os governadores também assinaram a agenda de compromissos Criança Amazônia com o Unicef.

Wanderlei Barbosa destacou a importância da união entre os estados brasileiros.   “Com certeza o momento é de união, estamos juntos na busca de solução e uma maior abertura de diálogo para que os estados possam trazer uma vida melhor para a população brasileira”, destacou.

O Fórum termina nesta sexta-feira,13, com o Abdib Fórum Infraestrutura Regional – Edição Norte, organizado pela Abdib, para o qual são esperados mais de 300 empresários e investidores. Todo o evento está sendo voltado à geração de projetos e investimentos para o desenvolvimento da região.

Esta é a primeira vez que o Pará recebe os componentes do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal formado ainda pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Rondônia, Roraima e Tocantins.(Elisangela Silva)

Vice-governador participa do 20º Fórum de Governadores da Amazônia Legal / Foto: Ezequias
Comentários do Facebook