Moisemar Marinho
Moisemar Marinho

Com o intuito de colher sugestões e demandas para apresentar ao Poder Executivo, o vereador Moisemar Marinho (PDT) compõe a Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Covid-19. A Frente tem a finalidade de contribuir para a formação e implementação de ações do Poder Público para conter o avanço da pandemia na Capital e monitorar as medidas emergenciais implementadas pelo Executivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo Moisemar Marinho, assim como o Governo do Tocantins está fazendo, a Prefeitura de Palmas precisa, também, trabalhar em conjunto com o Legislativo para implementar medidas de enfrentamento à pandemia.

“O Governo chamou a Assembleia Legislativa para, juntos, formarem comissões para o enfrentamento do novo coronavírus. Já a prefeita de Palmas [Cinthia Ribeiro] fica querendo farra com o dinheiro público de forma desordenada, sem fazer medidas de prevenção para cuidar do povo, bloqueando vereadores que pedem explicações a ela. Está muito mal preparada”, afirmou.

Segundo Moisemar, a frente está formada e a prefeita será chamada para participar das reuniões. Caso não compareça, será convocada. “Essa prefeita tem que exercer o seu papel, precisa cuidar das pessoas. Estamos aqui para ajudar a melhorar a saúde da Capital”, disse.

Contrato sem licitação

Novamente, Moisemar Marinho criticou o contato, sem licitação, no valor de R$ 900 mil, feito pela Prefeitura de Palmas, para uma empresa de publicidade de marketing, no momento em que a Capital enfrenta uma pandemia.

“Aproveitou de mecanismos, da declaração de calamidade pública, para pegar quase R$ 1 milhão e investir, sem nenhum critério, em mídia, em propaganda. É por isso que ela não quer participação da Câmara Municipal de Palmas nas discussões das medidas, porque estamos aqui para fiscalizar o dinheiro público”, ressaltou.

Comentários do Facebook