Foto : Divulgação
Foto : Divulgação

O Banco Safra anunciou hoje,31, que está doando R$ 20 milhões para hospitais públicos e Santas Casas, que serão destinados à ampliação de leitos hospitalares e compra de equipamentos e insumos médicos. Dando sequência à tradição de filantropia do grupo no segmento hospitalar, a doação será feita diretamente às entidades ou por meio de seus parceiros privados na área da saúde, desde que os projetos sejam voltados para a rede hospitalar pública. Para o Safra, neste momento todos devem ajudar. O banco também está convidando clientes e parceiros para fazerem doações em torno dessa causa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O dinheiro arrecadado será destinado a ações específicas voltadas ao tratamento e combate ao coronavírus. Já foi iniciado com o projeto para implementar leitos de UTI para a rede municipal de São Paulo, com gestão e operação do Hospital Albert Einstein; também com o projeto que prevê a criação de leitos num hospital de campanha no Grajaú, sob gestão do Hospital Sírio Libanês; há a doação de equipamentos de proteção à Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e a participação no projeto do Hospital de Campanha Lagoa-Barra, que terá 200 leitos para atender pacientes SUS, e é conduzido pela Rede D’Or. Nesta etapa, portanto, o Banco Safra está doando o equivalente a 60 leitos de UTI (cama, respirador, monitor e bomba de infusão), mais 1 milhão de máscaras cirúrgicas, 700 mil aventais de proteção, além de participar na construção de dois hospitais de campanha.

Os valores arrecadados receberão destinação a partir de pleitos dos próprios hospitais ou por meio do uso da expertise de parceiros tradicionais do banco no segmento da saúde, que indicarão a destinação do dinheiro da melhor forma, com direcionamento para as compras mais urgentes e às entidades públicas mais necessitadas. O Banco Safra, de pronto, entende que era preciso atender a esse chamamento, por isso decidiu por essa iniciativa. O momento, de acordo com o Safra, requer que todos ajam no sentido de apoiar e ajudar as ações que favoreçam as populações com menor poder de reação e menos assistidas.

Comentários do Facebook