O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), abre inscrições para novos cursos na segunda etapa do Projeto Jeito de Mulher, que teve seu lançamento efetivado nessa segunda-feira, 3, e qualifica profissionalmente mulheres em áreas tradicionalmente masculinas.

Os cursos que estão com matrículas abertas são de Produção de Derivados de Leite (80 horas) que acontece em Araguatins, Dianópolis, Guaraí e Gurupi; e Instaladora de Alarme Residencial (80 horas) em Dianópolis.

O curso de Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas) que acontece em Gurupi e Paraíso continua com as matrículas abertas. São 15 vagas e cadastro de reserva em cada turma.

As inscrições podem ser feitas na unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) na cidade onde acontecem as aulas; e os documentos necessários para a inscrição são CPF, RG e comprovante de endereço.

Início das aulas

Nesta terça-feira, 4, iniciam as aulas dos cursos de Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais em Araguaína, Produção de Derivados de Leite em Paraíso e Porto Nacional, Mecânica de Motor a Gasolina e Álcool em Taquaralto, e Pedreiro em Taquaruçu.

Além de participarem dos cursos gratuitamente as alunas são contempladas com todo o material didático das aulas teóricas, os materiais e os equipamentos de segurança necessários para as disciplinas práticas, além de alimentação e vale-transporte.

Projeto Jeito de Mulher

O Jeito de Mulher é um projeto de geração de emprego e renda executado pelo Governo do Estado, por meio da Setas/Sine.

O projeto já beneficiou 210 mulheres e qualificará nessa segunda etapa mais 225. Nessa nova fase o Governo do Tocantins vem buscando parcerias com empresas e instituições privadas de modo a possibilitar que as alunas sejam inseridas no mercado de trabalho.

O público alvo do projeto são mulheres preferencialmente de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que almejam a inserção no mercado de trabalho para atuar em áreas consideradas tradicionalmente masculinas.

Comentários do Facebook