Mauro Carlesse negocia vinda do Banco de Brasília

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, esteve nesta quinta-feira, 6, em Brasília (DF), onde se reuniu com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e com o presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, para discutir a instalação da instituição bancária no Estado.

O BRB é uma instituição de sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Governo do Distrito Federal. O banco possui 122 pontos de atendimento, sendo 116 agências, localizadas grande parte no Distrito Federal e as demais em Mato Grosso do Sul (MS), Mato Grosso (MT), Minas Gerais (MG), Goiás (GO), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), além de seis Postos de Atendimentos no DF.

Segundo o governador Mauro Carlesse, a intenção desse acordo é fomentar a economia do Tocantins. “O BRB vindo para o Estado será um grande parceiro da nossa Agência de Fomento e poderá também expandir suas funções para o interior, possibilitando que mais pessoas tenham acesso a serviços bancários. Estamos negociando também para que haja a abertura de um correspondente do Banco de Brasília na região do Jalapão, o que será uma grande conquista para turistas e moradores do local”, afirmou.

Caso o acordo seja fechado, o Tocantins será o primeiro Estado da região Norte do Brasil a contar com a instalação de agências do BRB. No próximo dia 17 de fevereiro, o governador do Distrito Federal e o presidente do Banco de Brasília agendaram de vir ao Tocantins para apresentar a proposta de viabilidade para implantação da instituição bancária no Estado.

Acompanharam o governador Mauro Carlesse durante a reunião, o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra; o secretário de Estado de Parcerias Público-Privadas, Claudinei Quaresemin; e o secretário de Estado da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando.

Banco de Brasília

De acordo com o BRB, a instituição conta com um quadro de 3.280 empregados. Além disso, possui o apoio de 450 estagiários, 120 aprendizes e 705 terceirizados, gerando assim mais de 4.500 postos de trabalho.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.