A Polícia Civil, por meio da 103ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), cumpriu, na manhã desta quarta-feira, 12, em Taguatinga, um mandado de busca e apreensão em desfavor de um homem, 36 anos, por estar continuamente descumprindo medida protetiva de sua ex-companheira, 32 anos.

Segundo o delegado responsável, Eduardo Nunes, a medida protetiva determinava que o homem não retornasse ao lar, porém a vítima estava morando de favor devido ao suspeito ter retornado a casa, impedindo que sua ex-companheira permanecesse no local.

O suspeito foi recolhido na Cadeia de Prisão Provisória de Taguatinga e está à disposição do Judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.