Foto: Marcio Vieira

A 12ª edição do Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU) terá o prazo de inscrições aberto no dia 10 de fevereiro. Com o tema “Conversando a gente se entende”, poderão ser inscritos trabalhos de estudantes e unidades escolares, do tipo redação, desenho e plano de mobilização, em 14 categorias, descritas detalhadamente no edital do certame.

Podem concorrer com trabalho do tipo “Desenho” estudantes inscritos nas categorias de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Com trabalho do tipo “Redação”, concorrem estudantes inscritos nas categorias de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, 1º ao 3º ano do Ensino Médio e estudantes inscritos na Educação de Jovens e Adultos – EJA. Já na categoria “Escola Cidadã”, podem concorrer com trabalhos do tipo “Plano de Mobilização” escolas que desenvolverem atividades de mobilização e prática pedagógica relacionadas ao tema e que inscreverem trabalhos de estudantes no concurso.

As inscrições devem ser feitas no site do concurso até o dia 24 de agosto de 2020. O resultado está previsto para ser divulgado 30 de novembro.

As premiações incluem certificados e tablet para o estudante e notebook para o professor; para as escolas vencedoras com Plano de Mobilização, a premiação consiste em certificado de premiação e reconhecimento emitido pela CGU, notebook tablet.

Tema

Como subsídio para trabalhar o tema, está disponível no site Educação Cidadã  a tirinha “COMUNICAÇÃO E RESPEITO” da Turma da Mônica, produzida em parceria com o Instituto Maurício de Sousa no âmbito do Programa Um Por Todos e Todos por Um! Pela ética e cidadania, além de outros materiais/recursos que poderão ser úteis.

O concurso

O Concurso de Desenho e Redação da CGU está em sua 12ª Edição e já mobilizou quase 4 milhões de participantes. A ação é voltada a estudantes matriculados em escolas públicas e privadas de todo o Brasil.

O certame visa despertar nos estudantes o interesse pelos temas relacionados à ética, à cidadania e ao controle social, por meio do incentivo à reflexão e ao debate desses assuntos nos ambientes educacionais; contribuir para o processo de formação da cidadania ao estimular o pensamento sobre o papel de cada indivíduo na sociedade; além de reconhecer o trabalho desenvolvido pelos profissionais de educação contribuindo com a sua valorização profissional.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.