selo falsificado anatel e samsungA última terça-feira (4) foi movimentada no posto da Polícia Rodoviária Federal de Guaraí. De acordo com as informações do Núcleo de Comunicação Social da corporação (NUCOM/PRF-TO), diversas ocorrências envolvendo excesso de peso, produtos sem notas fiscais, apreensão de arma de fogo e até veículo roubado, teriam sido interceptados em apenas 1 único dia.

Na manhã desta terça-feira (4), os Agentes da PRF, durante trabalho de rotina fizeram a retenção de um veículo da marca Scânia modelo R 124 e Semi Reboque, ambos com placas de Santa Catarina, conduzido por C. M. S., 40 anos. O referido veículo foi flagrado com 28.058 quilos de excesso de peso. O automotor teria saído da cidade de Cordeirópolis, na região central de São Paulo, com destino à cidade de Paragominas-PA e estava carregado com pisos cerâmicos.

O Transportador foi autuado em mais de R$ 8.256,87 e a sua liberação está condicionada ao transbordo da carga excedente. Além das penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, que pode alcançar o condutor, o proprietário do veículo, o embarcador e o transportador, o responsável direto pela infração, poderão sofrer outras sanções por força de um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), celebrado entre e a PRF e o Ministério Público Federal (MPF), que visa combater o excesso de peso. Todas as ocorrências desta natureza serão encaminhados ao MPF que oferecera denuncia, visando a responsabilização do responsável pelos danos causados.

Por volta das 10:30h desta terça (4), durante abordagem de rotina a um ônibus de linha regular, itinerário Goiânia (GO) a Imperatriz(MA), agentes da PRF localizaram em seu bagageiro (compartimento de encomendas) duas caixas, sendo que a primeira armazenava 45 celulares, carregadores, baterias, fones de ouvido, 45 etiquetas falsificadas de baterias originais SAMSUNG, 54 selos falsificados da marca Samsung e a outra com 30 celulares , carregadores, baterias, fones de ouvido, 29 etiquetas falsificadas da marca Samsung, 37 selos falsificados ANATEL, 30 selos falsificados de Galaxy SIII, 45 selos falsificados marca Samsung . As caixas estavam identificadas com os dados das respectivas notas fiscais apresentadas pelo transportador, porém, os produtos descritos nas Notas Fiscais eram completamente diferentes dos produtos encontrados no interior das caixas.

Ás 11:00h, ainda na terça (4), também durante fiscalização a um ônibus de linha regular foi localizado no compartimento superior de bagagens, no interior de uma bolsa, envolto em um cobertor, um Revólver de marca AMADEO ROSSI, calibre 22LR, municiado. No bolso de uma bermuda foram localizados ainda 8 cartuchos intactos, totalizando 15 projéteis. Agentes da PRF identificaram o passageiro J. C. J. S, 29 anos, que saiu de Goiânia/GO com destino a Anapu/PA, como sendo o proprietário da arma e munições. Ao ser indagado se possuía registro e porte de arma de fogo, o mesmo declarou que não, momento em que os agentes da PRF lhe deram voz de prisão, por transportar arma de fogo de uso permitido, em desacordo com determinação legal. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Guaraí para as providências cabíveis.

Ainda às 11:00h, durante fiscalização de rotina, outro ônibus de linha regular, itinerário Goiânia/GO a Marabá/PA, armazenava em seu interior, especificamente nas últimas poltronas, 4 caixas contendo respectivamente: 11 celulares marca LG, 16 celulares Samsung, 2 celulares ALCATEL e 6 celulares Nokia; 183 capas para celular, 50 carregadores para celular e 7 adaptadores/SD; 2 celulares Motorola, 13 celulares Samsung; 7 celulares LG; 1 celular Nokia, 7 caixinhas de MP3, 24 fones de ouvido, 18 adaptadores/SD e 2 MP3, sendo estas 3 destinadas a Marly ATM, telefone 9161-4499; 8 celulares Samsung, 7 celulares LG e 02 Nokia; As mercadorias, enviadas como encomenda, estavam sem documento fiscal, sendo encaminhadas a Secretaria da Fazenda Estadual.

Ás 14:00h, em fiscalização normal, foi abordado o veiculo SR/RANDON SR FG (tipo Baú) placas de São Paulo, transportando mercadorias diversas, tracionado pelo cavalo-trator VW/25.370 também com placas de São Paulo, conduzido por A. D. B., de idade não informada. Durante inspeção no semirreboque, os Agentes da PRF perceberam que a numeração do chassi estava gravada em local diferente da original, os policiais constataram ainda que havia indícios de ação de lixadeira no local original, sendo ainda possível visualizar os contornos e caracteres removidos. A PRF acionou o Núcleo de Perícia de Guaraí que confirmou a suspeita, sendo posteriormente foi levantado que o veículo é produto de roubo, com ocorrência registrada na cidade de Guarulhos/SP em 17/09/2013. Ocorrência foi apresentada à central de Flagrantes na cidade de Guaraí/TO.

 

 

Comentários do Facebook