Na tarde desta quinta-feira, 16, após um serviço de investigação da policia civil de Araguatins, Joaquim da Conceição, 48 anos, conhecido como “Joaquim Preto” ou “carpinteiro” foi preso. A prisão é cumprimento a um mandado expedido pela Comarca de Novo Repartimento-PA.

Joaquim Preto foi preso em decorrência de uma averiguação de crime de ameaça, em ambiente familiar com sua convivente. Após ser conduzido à delegacia, o mesmo foi submetido a uma investigação sobre sua vida pregressa, que foi promovida pelo setor de inteligência da 10ª DRPCA.

Depois de algum tempo de buscas, foi constatado que havia o mencionado Mandado de Prisão Preventiva em aberto contra o mesmo.

O crime

Consta da decisão interlocutória do pedido de prisão que Joaquim da Conceição, no dia 13 de setembro de 2012, em um assentamento rural do município de Novo Repartimento-PA, assassinou com um tiro de espingarda cartucheira, calibre 20, a vítima Wilclas Feitosa Souza, por motivo banal.

“Joaquim Preto” teria saído na companhia da vítima com o pretexto de caçar, mas segundo o que consta dos autos, o crime foi motivado por uma discussão entre o acusado e Antônio, tio da vítima, por causa de alguns porcos pertencentes a Antônio e, que teriam passado para o lote de assentamento de “Joaquim Preto”.

Joaquim da Conceição se encontra preso na Cadeia Pública de Araguatins aguardando recambiamento para Comarca do Pará.

 

Comentários do Facebook