Vânia Gonçalves Marinho foi assassinada com um tiro de espingarda nas costas

Um caso de homicídio, ocorrido no mês de setembro de 2020 e que gerou bastante repercussão e revolta na população da pequena cidade de Marianópolis, foi solucionado, nesta terça-feira, dia 1º, quando policiais civis da 63° DP de Paraíso, comandados pelo delegado José Lucas Melo, deram cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, de 31 anos, que é considerado o principal suspeito de ter cometido o crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a autoridade policial, logo após o crime, no dia 6 de setembro de 2020, os policiais civis da 63ª DP identificaram o indivíduo suspeito de ser o autor do homicídio, sendo que, então foi representado junto ao Poder Judiciário pela prisão do mesmo. De posse da ordem judicial, os policiais intensificaram as diligências e após localizar o paradeiro do homem, na cidade de Palmas, efetuaram sua prisão.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem de 31 anos foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Ainda segundo o delegado José Lucas, até o final dessa semana, o inquérito policial será concluído e encaminhado ao Ministério Público.

O crime

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil, no dia 06 de setembro deste ano, o suspeito se encontrava em um bar de propriedade de uma mulher de 34 anos, em Marianópolis, onde ingeria bebida alcoólica. Em determinado momento, o homem teria urinado em um local dentro do bar e acabou sendo repreendido pela dona do estabelecimento.

Contrariado, o homem foi embora. Já durante a noite, a mulher foi fazer uma entrega de bebidas em um local no qual o sujeito estava. Após novo atrito, seguido de uma intensa discussão, a mulher foi embora para sua casa, mas foi seguida pelo homem que a executou com um disparo de espingarda que lhe atingiu as costas. Após o crime, o indivíduo fugiu e permanecia foragido até esta terça-feira.

Comentários do Facebook