Câmara Municipal de Palmas

Nessa terça-feira, primeiro de dezembro, a Câmara Municipal de Palmas aprovou em regime de urgência dois auxílios para os vereadores, o auxílio-paletó e auxílio-assiduidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O vereador que concorreu a prefeitura da capital Tiago Andrino (PSB) foi contrário aos auxílios e criticou o ato. Em sua página no Twitter o vereador disse que é um absurdo a câmara tramitar com urgência e atropelando o regimento interno da casa de leis, os benefícios que vai gerar custos de R$ 24 mil por cada parlamentar, somando a cifra de R$ 456 mil extra.

Comentários do Facebook