O Governador do Estado, Mauro Carlesse sancionou nesta quinta feira, 19 a Lei N° 3.599 que institui o dia 16 de setembro como o Dia Estadual da Mobilização contra o Aquecimento Global. A partir de agora a data passa a integrar o Calendário Cultural do Estado.

A criação dessa data tem como objetivo propagar o conhecimento sobre o Aquecimento Global, estimular o debate acerca dos problemas ambientais, incentivar ações de conservação do meio ambiente e promover a educação a e conscientização ambiental.

O Secretário do Meio Ambiente, Renato Jayme frisa que “esse dia será simbólico para as pessoas entenderem mais sobre o assunto, mas os trabalhos de consciência sobre essa temática serão tratados pelo Governo do Estado e pela secretaria do Meio Ambiente durante todo o ano”.

Recentemente a comitiva do Tocantins participou do maior evento de Mudanças Climáticas do mundo, a Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP 25), em Madrid, Espanha. Durante o evento a pauta relacionada ao Aquecimento Global foi discutida entre os representantes dos diversos países que participaram do encontro.

Mudanças Climáticas é um dos eixos do programa Pátria Amada Mirim (PAM), que também vai tratar dos temas: Cidadania e Meio Ambiente, Natureza e Sociedade, Meio Ambiente e Saúde, Bacias Hidrográficas, Ativismo Ambiental e Biodiversidade do Bioma Cerrado. As temáticas serão abordadas de forma conceitual e prática no desenvolvimento do Programa.

Ainda nesta quinta feira, 19, o Governador sancionou a Lei N° 3.598 que institui a Semana de Educação Ambiental de Prevenção às Queimadas e Incêndios Florestais, que será comemorada na primeira semana do mês de Junho nas instituições de ensinos público e privada.

A Lei que institui a semana comemorativa tem como objetivo fomentar a realização de atividades educacionais buscando a conscientização e prevenção das queimadas e incêndios florestais no Estado.

As atividades educacionais serão fortalecidas pelas ações do PAM, que iniciou a execução do projeto piloto na Escola Estadual Entre Rios atendendo 50 estudantes com capacitações sobre os desafios para sustentabilidade por meio da educação ambiental com aulas práticas e teóricas.

Comentários do Facebook