Droga despachada como mamadeiras é apreendida no Tocantins

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã dessa sexta-feira, (03), 6.211 comprimidos de diversos medicamentos, parte da carga era composta por substâncias classificadas pela ANVISA como droga proibida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ocorrência foi registrada no km 663 da BR-153, município de Gurupi, Sul do Tocantins. Durante abordagem de rotina realizada pela equipe da PRF, foi fiscalizado ônibus de transporte de passageiros e, durante fiscalização no compartimento de bagagem, foram encontrados cinco pacotes grandes despachadas como encomenda.

Ao solicitar a nota fiscal, o condutor informou não possuir, que portava apenas o manifesto no qual foi declarado o transporte de produtos para crianças, inclusive mamadeiras.

Os pacotes então foram abertos pela equipe da PRF que no lugar de mamadeiras acabaram encontrando diversas caixas de medicamentos diversos, um total de 653 caixas. Destaca-se que 19 delas continham substâncias proibidas – um total de 740 comprimidos de anfetaminas e outras drogas proibidas.

Segundo o motorista do ônibus, as mercadorias foram despachadas em Porangatu/GO como produtos para crianças (mamadeiras) e seriam entregues em Tucumã/PA. Com base no documento apresentado pelo motorista do veículo, a remetente e a destinatária dos produtos eram a mesma pessoa, uma ex-vereadora do município de Alto Horizonte/GO.

Diante dos fatos, as substâncias ilícitas foram apreendidas e encaminhadas como objetos de tráfico de drogas para Polícia Civil e os remédios sem nota fiscal foram encaminhados para Receita Estadual do Tocantins.

Comentários do Facebook