Foto: reprodução Ag. Tocantins

Um taxista foi assassinado na noite dessa segunda-feira (09) e teve o carro roubado por criminosos. O crime foi registrado em Miranorte, na região central do estado. Cerca de quatro homens e duas mulheres teria contratado a vítima, identificada como Francisco de Assis Inácio de Sousa, 54 anos, para trazer o grupo até Palmas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após ser contratado pelos criminosos, a vítima seguiu para a capital, quando no KM 23, já na rodovia TO-010, entre os municípios de Lajeado e Palmas, um dos bandidos pediu para o taxista parar o veículo, pois o mesmo estava precisando urinar, ao parar o carro, os criminosos anunciaram o assalto.

A vítima trabalhava como taxista no ponto que fica localizado no terminal rodoviário de Miranorte. O caso gerou revolta em todos taxistas que trabalham na região.

Francisco de Assis foi morto com vários disparos de arma de fogo, além dos tiros, a vítima foi esfaqueada na região das costas e tórax. Após cometer o crime, os assassinos jogaram o corpo da vítima em um matagal às margens da rodovia e fugiram levando o veículo da marca Fiat, modelo Siena de cor preta, Placa: NLR 0179.

A polícia chegou aos envolvidos após receber uma denúncia de que vários homens armados estavam em um carro de cor preta no setor Taquari, na região sul de Palmas. Os policiais foram informados ainda, que um corpo estava sendo transportado no porta-malas do veículo.

Quando os militares localizaram o carro e deram ordem de parada, o motorista tentou fugir. Momentos depois ele parou e os ocupantes correram em direção a uma área de mata no setor Lago Sul. Durante a fuga eles atiraram contra os militares, mas nenhum se feriu. Três pessoas acabaram presas. Entre os presos está uma jovem menor de idade.

Os policiais fizeram revista no carro que o grupo estava e encontraram manchas de sangue no porta-malas. Questionados, um dos suspeitos informou que as marcas seriam de um homem que eles teriam matado durante um roubo do veículo em Miranorte. O criminoso ainda contou aos policiais que o corpo estava escondido em um matagal, próximo a rodovia TO-010.

Os militares foram ao local informado, na altura do km 23 da TO-010, localizaram o cadáver e confirmaram que a vítima era dona do veículo usado pelos criminosos. A Polícia Científica foi acionada e o local foi periciado, posteriormente o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal – IML de Palmas.

Com os homens também foram localizadas várias porções de drogas, anotações do tráfico, uma espingarda de pressão que foi modificada calibre .22, seis munições intactas e uma deflagrada e dois celulares.

Todos os envolvidos presos foram levados para a delegacia de plantão. Na delegacia, os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver, porte ilegal de arma e munição, associação para o tráfico e corrupção de menores.

Após a realização dos procedimentos na delegacia, os suspeitos foram colocados à disposição do poder judiciário. (Alessandro Ferreira|Agência Tocantins)

Comentários do Facebook