A eleição da diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vem sendo manchada por atitudes desonrosas usadas por um dos candidatos. Ataques inventados que têm atingido a honra de candidatos que estão na disputa. Essa postura que denigre a eleição de uma das mais respeitadas instituições do país motivou o candidato à presidente da Seccional Tocantins pela chapa OAB Independente, Gedeon Pitaluga, a propor uma campanha limpa.

Em vídeo divulgado pelas redes sociais e para a imprensa, Gedeon fala dos ataques maldosos e mentirosos que vêm sofrendo “na surdina”, pelas redes sociais e lembrou que essa foi a mesma prática usada na última eleição e que provocou tamanha revolta de boa parte dos advogados e manchou a imagem da Ordem.

Gedeon também lembrou das acusações feitas contra o candidato adversário, Juvenal Klayber, e até contra o ex-presidente da Ordem, Epitácio Brandão. “Vi ataques ao amigo Juvenal Klayber, meu adversário nesta eleição, que antes de tudo é um colega de profissão. Também vi ataques ao ex-presidente Epitácio Brandão, um senhor que já deu sua contribuição para a nossa classe quando foi presidente da Ordem. Venho sofrendo ataques pessoais. Muitos velados e outros na surdina, feitos de forma sorrateira. Sofri o mesmo na eleição passada. São boatos e invenções que nada contribuem para o processo de escolha do futuro representante da Ordem”,  afirmou Gedeon.

O líder da chapa OAB Independente faz um “clamor” aos advogados do Tocantins para que a disputa fique no campo das ideias e das propostas à classe. “Vamos discutir com firmeza os problemas da Ordem, mas que isso fique no campo das ideias e das propostas”, argumenta.

Gedeon ainda lembra uma recomendação do histórico jurista Heráclito Fontoura Sobral Pinto, quando disse que “a advocacia não é profissão para covardes”. “Sobral Pinto nos ensinou a ter coragem e refutou a covardia para quem desejam ser advogado”.

“Neste caso, a covardia é de quem usa de agressões pessoais e de mentiras buscando tirar vantagem no processo eleitoral. Essas são armas para quem não tem argumento.

A eleição passa, a OAB e as amizades permanecem. A chapa OAB independente quer uma campanha limpa e convida você a fazer parte desse movimento de paz”, convoca Gedeon.

Comentários do Facebook