SSP/TO
SSP/TO

Foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira, 19, ato designando o secretário de Cidadania e Justiça do Tocantins, Heber Luis Fidelis Fernandes, vai assumir interinamente a chefia da Secretaria de Segurança Pública a partir desta terça-feira,20.

A mudança foi após os pedidos de exoneração da cúpula da Segurança Pública, entre eles, o próprio secretário da pasta Fernando Ubaldo Monteiro Barbosa que renunciou ao cargo. Ao todo, oito profissionais da SSP foram exonerados, Secretário, Fernando Ubaldo, Subsecretário: Wlademir Costa Oliveira, Delegado geral: Vinicius Mendes de Oliveira, Gerente de operação: Wanderson Chaves de Queiroz, Diretoria de Inteligência e Estratégia: Luciana Coelho Midlej, Diretor da academia de polícia: Marcelo Santos Falcão Queiroz, Diretora de Polícia da Capital: Antônia Ferreira dos Santos, Diretor de Polícia do Interior: Marcio Girotto Vilela.

A saída ocorre em meio a crise instaurada pela exoneração de 12 delegados regionais dos cargos de chefia. Entre os delegados que perderam os cargos de chefia está Bruno Boaventura, responsável por coordenar investigações contra o pai do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), que era líder do governo, mas renunciou a posição nesta segunda-feira (19) depois das polêmicas.

O deputado e o pai, o ex-juiz eleitoral João Olinto, estariam envolvidos com um galpão irregular onde foram encontradas quase 200 toneladas de lixo hospitalar dos hospitais públicos do estado.

Durante entrevista, na manhã desta segunda-feira, 19, o próprio secretário havia afirmado que a crise na segurança pública era circunstancial. Porém, logo depois foi para o Palácio Araguaia participar de uma reunião com integrantes do governo e do sindicato dos delegados do Tocantins.

Comentários do Facebook