Sine

Nesta terça-feira, 13, 375 vagas de emprego estão disponíveis nas nove unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine Tocantins) gerido pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas). São 89 vagas em Palmas, 15 em Taquaralto, 108 em Araguaína, 52 em Paraíso, 15 em Guaraí, 35 em Porto Nacional, 32 em Gurupi, 27 em Araguatins e duas em Dianópolis.

Segundo o diretor do Sine Tocantins, José Alberto (Gordo), o Governo do Tocantins, por meio da Setas e do Sine, tem buscado amparar os trabalhadores que perderam o emprego em consequência da pandemia do novo Coronavírus. “Temos criado meios de continuar oferecendo nossos serviços à população. Os dados revelam que o mercado está reagindo e o trabalhador pode contar com o Sine para conseguir um novo emprego. No momento, esses serviços não podem ser presenciais, mas são disponibilizados endereços de e-mail e números de WhatsApp para que as pessoas atualizem seus cadastros e concorram às vagas disponíveis no sistema do Sine”, explica o diretor.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelam três meses consecutivos de saldos positivos de emprego no Tocantins. E o saldo acumulado de janeiro a agosto também é positivo com a geração de 2.673 empregos no estado no referido período.

Carmélia Gomes (Republicanos), candidata à vereadora de Araguatins, esteve na Associação do Canto do Barreiro na tarde deste domingo, 11. Ela, que nasceu na região, onde também tem muitos familiares e amigos, é conhecedora do projeto social da comunidade e destacou a importância de investimentos no terceiro setor.

“Estamos aqui hoje no “Canto do Barreiro”, para garantir que vamos juntar e aproximar a comunidade dessa região com o poder público”, disse.

Durante o evento, moradores e associados, desabafaram sobre as dificuldades enfrentadas na região, desde a falta de manutenção em estradas até a falta de lâmpadas em portes no espaço da associação.

Carmélia ressaltou à comunidade que caso seja eleita se empenhará junto ao executivo para restabelecer e dar a atenção merecida para a comunidades da região, que atualmente se encontra esquecida pelo poder público municipal de Araguatins.

Comentários do Facebook