Para o Tocantins, Cristiano Sampaio, que participou da reunião como membro do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, destacou a disponibilização de pontos de internet para delegacias com dificuldade de comunicação, aquisição de equipamentos de proteção individual e respiratória para combate a incêndio estrutural para o Corpo de Bombeiros Militar e novos equipamentos para o banco de Dados de Perfil Genético da Polícia Científica.

O Conselho aprovou também um novo aporte do Fundo Nacional de Segurança Pública no valor de R$ 30 milhões, sendo R$ 15 milhões para a União e R$ 15 milhões para os Estados.  Conforme o secretário Cristiano Sampaio, do total destinado aos estados, o Tocantins terá um acréscimo ao Fundo Estadual de Segurança Pública de pelo menos de R$ 300 mil, passando a ter um saldo de aproximadamente R$ 5,5 milhões.

Fórum

Na análise do secretário Cristiano Sampaio, a reunião do Conselho, do qual ele participa como membro do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, foi produtiva e com resultados efetivos para o Tocantins. O Secretário destacou também a apresentação realizada por ele na terça-feira, 9, durante o VII Fórum Nacional de Governadores, quando ele expôs a situação do financiamento da Segurança Pública no Brasil e mostrou que os recursos estimados pelo Fundo Nacional têm sido valores extremamente reduzidos e que para 2020 serão ainda menores. “Foi um momento importante, pois externamos nossa preocupação e solicitamos um esforço para garantir o repasse ao menos do recurso que está sendo arrecadado”.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.