Plenário da Câmara Federal decide se autoriza ou não o prosseguimento da denúncia para análise do STF. Parecer da CCJ recomendou rejeição das acusações; são necessários 342 votos “não” para a denúncia ser autorizada.

Justificando seu voto, Irajá disse que: em respeito a vontade de 95% dos brasileiros e por coerência é favorável às investigações contra o presidente Michel Temer.

Veja como votaram os deputados do Tocantins:

Carlos Henrique Gaguim (Pode) – sim

César Halum (PRB) – sim

Dulce Miranda (PMDB) – sim

Irajá Abreu (PSD) – não

Josi Nunes (PMDB) – ausente

Lázaro Botelho (PP) – sim

Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM) – sim

Vicentinho Júnior (PR) – sim

Comentários do Facebook