Prefeito Paulo Macedo / Foto: Divulgação

A Justiça cassou nesta segunda-feira (28) o mandato do prefeito de Cachoeirinha, Paulo Macedo (DEM), por compra de votos. A decisão foi publicada nesta terça, 29.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na decisão proferida pelo juiz José Carlos Tajra Reis Júnior da 10ª Zona Eleitoral de Araguatins, condenou Paulo Macedo ao pagamento de multa no valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais) e cassou por compra de votos os diplomas do prefeito e vice-prefeito do município de Cachoeirinha, Paulo Macedo (DEM) e Chico Fuboca (DEM).

A ação de investigação judicial eleitoral por abuso de poder econômico foi proposta pela coligação do então candidato Erisvaldo Resplandes de Araújo. A assessoria do prefeito informou que ele vai recorrer da decisão.

Comentários do Facebook