Foto: Divulgaçao

É difícil encontrar um morador da região central de Palmas que não seja cliente da Pamonharia Paraíso. Afinal, são quase 30 anos de um negócio familiar em constante crescimento. Pensando na expansão dos negócios para novos mercados, os empresários Wilanildo de Almeida Pinheiro e Mônica Patrícia de Oliveira Pinheiro estiveram nesta quinta, 17, na Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (Sics), para conhecer o atendimento da Sala de Suporte.

No momento, a empresa que possui unidades em Palmas e Paraíso, atendimento itinerante em feiras livres e uma fazenda que fornece a matéria-prima trabalha para ultrapassar os limites geográficos do Tocantins, com projetos de abertura de franquia e exportações de alimentos à base de milho. Segundo Iranildo, a formalização como microempresa ocorreu em 2005 e, nos últimos 5 anos, iniciaram-se os contatos com instituições que trabalham no fomento de empresas.

“Se a gente conseguir algum fomento para essa expansão, vamos aumentar a quantidade e qualidade do nosso produto, e assim aumentar a geração de emprego”, explicou o empresário, que na quarta recebeu representes da Sics para uma apresentação sobre a plataforma E-Fornecedor, do Governo do Estado, e foi convidado a conhecer o sistema de apoio às empresas da Secretaria.

O casal foi recebido pelo superintendente de Indústria, Comércio e Serviços, Iranilson Mota, acompanhado de técnicos da pasta, que pontuaram várias possibilidades de apoio e orientação à empresa, incluindo avaliação para inserção no programa de incentivo fiscal Pró-Indústria.

“Temos muitas empresas no Tocantins que começaram como a Pamonharia Paraíso e hoje são beneficiadas pelo Pró-Indústria e outros programas de incentivo fiscal”, lembra o secretário de Indústria e Comércio, Tom Lyra, que ressalta as recentes ações do governador Mauro Carlesse voltadas ao incentivo de parcerias público-privadas voltadas ao desenvolvimento do Estado.

Comentários do Facebook