Local do naufrágio no rio Palmeiras, em Taipas — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Um adolescente de 16 anos identificado por Jheisson P. B., e uma criança de oito anos Miguel de C. M., morreram vítimas de afogamento ocorrido neste domingo, 13, em um naufrágio de uma embarcação no Rio Palmeiras, zona rural de Taipas, no Sudeste do Tocantins, cerca de 330km de Palmas e 245km de Gurupi.

De acordo com Corpo de Bombeiros oito pessoas estavam na embarcação quando a água começou a entrar. Seis delas, incluindo algumas crianças, conseguiram chegar até a margem do rio.

O corpo do adolescente, foi resgatado logo após o naufrágio pelas pessoas que estavam no barco. E no final da tarde desta segunda-feira, 14, o da criança também foi localizado.

Miguel estava com outras sete pessoas no mesmo barco, quando, por volta das 13h, a embarcação do tipo chata afundou na metade do percurso. Segundo informações, ninguém usava colete salva-vidas.

Bombeiros militares da 2ª Companhia (Dianópolis), ligada ao 3º Batalhão de Gurupi, foram acionados e iniciaram as buscas ainda no final da tarde do domingo. Durante toda a segunda-feira, as equipes mergulharam em busca do corpo da criança, que foi encontrado por volta das 17h30.

Jheisson e Miguel elevaram as estatísticas de afogamentos no Estado para 51 mortes. No mesmo final de semana, mais dois homens morreram afogados, sendo um deles em São Valério da Natividade (que também fica no sudeste) e outro no município de Palmeiras do Tocantins, no Bico do Papagaio, próximo a Araguaína.

Segundo levantamentos do CBMTO, todas as vítimas de afogamentos de naufrágios, registrados em 2020, estavam sem coletes salva-vidas no momento do acidente. Daí a suma importância de vestir esse equipamento de segurança, quando estiver em embarcações pequenas, ressalta a instituição.

Comentários do Facebook