Com o objetivo de coibir a prática de mercancia e utilização de diplomas de graduação, emitidos por Instituições de Ensino Superior de forma fraudulenta, a Polícia Civil de Filadélfia do Tocantins, na região norte do Estado, deflagrou nesta quinta-feira, 12, a Operação Falso Mestre.

A ação teve o apoio das Delegacias de Babaçulândia, Goiatins e Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Araguaína.  Ao todo, foram cumpridos 08 (oito) mandados de busca, com apreensão de documentos de possível origem fraudulenta, que estariam sendo utilizados na rede pública de ensino.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.